Palavras retumbam, exemplos arrastam!
Detalhes Construtivos 16 de outubro de 2016

Entrepisos úmidos e secos no steel-frame ?

Entrepisos é a laje que divide dois andares.

Existem dois tipos bem definidos, um seco, que utiliza apenas painéis aparafusados e outro úmido, onde o contrapiso é de concreto.

A principal diferença é a espessura acrescentada na laje, entre 5 e 7cm de concreto a mais no entrepiso úmido.

No úmido o ruído de impacto é menor, pela rigidez do piso, já no seco os painés transmitem mais ruídos !

O peso deste concreto no entrepiso úmido deve ser levando em consideração no cálculo da estrutura, não é a mesma coisa sem ele !

Na gravura abaixo a “forma” do concreto do entrepiso úmido é uma chapa de aluzinco, entretanto, é utilizado por aqui uma simples chapa de OSB de 18mm. Deve-se utilizar uma manta plástica no fundo do concreto para não perder muita nata.

 

Entrepiso SECO

entrepiso seco

 

Entrepiso ÚMIDO

entrepiso umido

 

rodapé para concretar
Esta foto mostra o piso já concretado e o rodapé de aço galvanizado , para impedir que o concreto entre na guia da parede !

 

Ultimas Postagens
Publicado em: 20 de janeiro de 2020
Novas tecnologias nas chapas cimentícias!

À medida em que a construção civil se inova, a quantidade de resíduos gerados no meio ambiente cresce simultaneamente. O sistema construtivo Light Steel Frame vem avançando no mercado brasileiro, trazendo consigo novos produtos, técnicas e conhecimento. Um desses novos produtos corresponde a Placa Cimentícia, utilizada na vedação interna e externa das construções, proporcionando versatilidade e ótimo custo-benefício. A ideia do aproveitamento de resíduos de borracha proveniente de pneus inservíveis tornou-se uma ótima alternativa para concepção de novos materiais, favorecendo ao meio ambiente e, em alguns casos, mais viáveis financeiramente e tecnicamente do que os materiais convencionais. Neste sentido, este estudo busca apresentar propriedades de uma placa cimentícia com a substituição parcial do agregado miúdo por resíduos de borracha. Além de realizar análises físicas e mecânicas normatizadas pela NBR 15498 (2016), e compara-las aos resultados das placas comercializadas no mercado, para verificar a viabilidade deste produto na construção civil

Ler Noticia
Publicado em: 21 de junho de 2019